Aprenda a pegar Jacaré ou Como o Body Surf pode fazer de você um melhor nadador

34 Flares Twitter 7 Facebook 24 Pin It Share 0 Google+ 3 Filament.io 34 Flares ×
 triatlo Treinamento Surf de Peito Rodrigo Langeani Natação maratonas aquaticas Jacaré Dicas Body Surf águas abertas

O uso das mãos é fundamental para o controle durante o Body surf

Assim como saber pegar esteira, navegar e se posicionar na largada de um triatlo, saber “pegar jacaré” (a gíria para Body Surf ou Surf de Peito, no Brasil) é uma habilidade que precisa ser aprendida para que você consiga se beneficiar de um “impulsinho grátis”no meio da natação do triatlo ou de uma maratona aquática.
Algumas vezes pegando um jacaré você consegue ultrapassar muitos atletas ao final da natação e ganhar um tempo precioso.
Entretanto Pegar Jacaré é um excelente forma de incrementar o seu treinamento intervalado, quando se está na praia. O que faço, quando estou na praia, é, fazer um tiro entrando no mar e passando a arrebentação. Após passar a arrebentação, tento surfar de volta até a praia pegando jacarés (ou Body Surfing). Uma vez na praia, repito o tiro.
Não se engane esse é um treinamento intenso, que eu não recomendo fazer por mais de 30min. Esse tipo de treino não só melhora seu condicionamento físico como ajuda no desenvolvimento técnico, contribuindo para que você se torne um melhor nadador de águas abertas.

Como surfar de peito?

  • Saiba Nadar: É importante que você saiba nadar antes de querer praticar o Surf de Peito. Caso você não tenha experiência em natação ou em natação no mar, leia a série de artigos Como Aprender a Nadar em 6 semanas.
  • O ideal para conseguir surfar com corpo é estar no lugar certo e na hora certa. Se você precisar dar mais do que meia dúzia de braçadas para pegar a onda, provavelmente você está posicionado muito para trás da onda, volte um pouco em direção ao raso.
  • Direção: Ao entrar na onda, use uma das mãos para direcioná-lo. O ideal é surfar um pouco de lado, no sentido que a onda quebra. Em todo caso, curvas e rolamentos podem ser executados afundando um pouco mais o ombro na água, isso fará com que você movimente-se letarealmente e ganhe velocidade.
  • Comece pequeno: Para aprender é mais fácil começar com as ondas menores, e mais no raso, para ter a sensação de como funciona o surf de peito. Mesmo em ondas pequenas o Surf de Peito é bem divertido.
  • Use nadadeiras: Usar nadadeiras (ou pé de pato) deixa muito mais fácil o ato de Surfar de peito.
  • Nunca pegue jacarés sozinhos: Algumas ondas grandes podem te surpreender, o que pode causar um acidente. Entre na água sempre na presença de um acompanhante ou com um salva-vidas de olho.
  • Descanse: O Surf de peito cansa. Para os menos condicionados, dependendo do tamanho das ondas, uma ou duas entradas na água passando a arrebentação podem esgotar suas forças. Sempre que se sentir cansado, saia da água, se hidrate e só volte para a água quando estiver sentindo-se recuperado.
  • Estude o mar: As ondas se formam, crescem (formando uma parede) e quebram. Observe o mar, veja a dinâmica das ondas, para que lado elas quebram e tente se posicionar um pouco antes das ondas quebrarem. O ideal é surfar a parede da onda, então temos que nos posicionar um pouquinho atrás de onde as ondas quebram.
  • Saiba sair da onda: Quando você achar que vai “tomar um caldo” (gíria para quando a onda te engole), mova-se de lado de forma a ficar paralelo à onda e execute um rolamento lateral, isso evita que você dê uma cambalhota e engula água.
  • Evite praias de tombo: Se você entrar na água e após poucos passos o mar ficar muito fundo, provavelmente não será divertido surfar de peito. Nesse tipo de praia as ondas tendem a se formar e quebrar muito forte no raso, o que pode fazer com que, no mínimo, você se rale na areia.

Divirta-se!

Gostou de nossos artigos e quer recebê-los por email? É só clicar aqui!

Você pode também seguir nosso perfil no Twitter!

Categorias: Água, Treinamento, Triatlo e Vídeo.

Trackbacks

  1. [...] Durante minha carreira de triatleta, sempre havia os amigos de treino que nadavam muito pior do que eu na piscina, mas quando chegava no triatlo eles sempre conseguiam sair junto comigo da água. Demorei pra descobrir a razão disso, mas o que eles sabiam que eu não sabia é que se euaproveitasse as ondas para sair da água surfando, poderia ganhar segundos preciosos.Veja como aprender a técnica do surf de peito para conseguir ganhar segundos preciosos nas suas provas de triatlo, travessias ou maratonas aquáticas no artigo do Espírito Outdoor que ensina a técnica do surf de peito. [...]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>